Política

CPI aprova quebra de sigilo de Pazuello, Araújo e membros de ‘gabinete paralelo’

10.06.2021

A CPI da Covid aprovou nesta quinta-feira, 10, a quebra do sigilo telefônico de pessoas ligadas ao presidente Jair Bolsonaro e integrantes de suposto “gabinete paralelo” que assessorou o chefe do Planalto incentivando o discurso antivacina e favorável ao tratamento precoce. A aprovação das medidas teve reação contrária de aliados de Bolsonaro e pode reforçar as provas da responsabilidade do governo federal no descontrole da crise.

A CPI quer acessar informações telefônicas, como ligações realizadas e recebidas, e telemáticas, como dados de acesso e troca de mensagens. Entre os alvos, estão os ex-ministros Eduardo Pazuello (Saúde) e Ernesto Araújo (Relações Exteriores). Integrantes do gabinete paralelo também terão os dados acessados, como o médico Paulo Zanotto.

Além disso, a CPI da Covid aprovou a quebra do sigilo do auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) Alexandre Marques, autor de um estudo paralelo que questionou o número de mortes por covid-19 no País e foi usado por Bolsonaro, sendo desmentido pelo próprio TCU.

Os integrantes da comissão deixaram de fora os requerimentos para quebrar o sigilo telefônico do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, e de outros aliados do presidente da República, como a médica Nise Yamaguchi. O presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM), argumentou que adotaria a medida apenas para pessoas envolvidas em atos investigados objetivamente pela CPI.

A comissão também decidiu abrir os sigilos bancário, fiscal, telefônico de três empresas de comunicação que prestaram serviços para o governo federal: EPR, Calya/Y2 e Artplan. Os dados que a CPI terá acesso envolvem informações do início da pandemia, em 2020, até o momento.

Governistas tentaram evitar a votação dos requerimentos apresentando argumentos regimentais e legais, mas foram derrotados. “Quem está perdendo aqui é o Brasil”, disse o senador governista Marcos Rogério (DEM-RR). A reação veio em seguida, quando integrantes da oposição apresentaram o número de mortos pelo novo coronavírus no País. “480 mil vidas, rapaz”, afirmou o presidente do colegiado, Omar Aziz (PSD-AM).

A CPI aprovou duas novas convocações e deve ouvir o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, e o ex-secretário-executivo do Consórcio Nordeste Carlos Gabas. A intenção é coletar informações sobre o repasse de recursos federais para Estados e municípios e apurar eventuais desvios cometidos por prefeitos e governadores – uma demanda de integrantes do governo na investigação.

Fonte: Estadão Conteúdo

newsletter-img

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita. Inscreva-se e receba a newsletter

Posts relacionados

Política

Políticos lamentam a morte do ex-vice presidente Marco Maciel

Políticos lamentaram a morte do ex-vice presidente da República Marco Maciel, que morreu neste sábado, 12, em Brasília. O então político tinha 80 anos e era diagnosticado com Alzheimer. Antes de se tornar pessoa pública, ele atuava como advogado. Maciel foi vice-presidente durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, de 1995 a 2003. Além disso, […]

12/06/2021

Política

Apoiadores de Bolsonaro se concentram para motociata em SP

O trânsito nas Avenidas Olavo Fontoura, nos dois sentidos, e Santos Dumont, no sentido centro, está bloqueado para uma manifestação em apoio ao presidente Jair Bolsonaro feita por motoqueiros na manhã deste sábado, 12. Os moradores da zona norte de São Paulo que desejam seguir para o centro têm de fazer desvio pela Avenida Braz […]

12/06/2021

Política

Marco Maciel morre aos 80 anos e Democratas enfatiza perfil íntegro

O ex-vice-presidente da República Marco Maciel faleceu nesta madrugada, aos 80 anos, em Brasília, de acordo com nota divulgada nesta manhã pelo presidente do Democratas, Antonio Carlos Magalhães Neto. ACM Neto e o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, do mesmo partido, enfatizaram nesta manhã a postura íntegra de Maciel durante sua vida política. ACM lamentou […]

12/06/2021