Esportes

Ciente que gol do Olimpia pode ser fatal, Heitor pede para o Inter ser cuidadoso

21.07.2021

O Internacional não vai sair desesperado ao ataque diante do Olimpia, nesta quinta-feira, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela partida de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Ao menos é o que deixa transparecer o lateral-direito Heitor ao avaliar como será o jogo. Ciente que um gol paraguaio pode ser fatal, o jogador pede um pouco de cautela aos companheiros.

Após empate por 0 a 0 em Assunção, uma vitória simples garante a vaga às quartas de final. Há, porém, a vantagem aos paraguaios de buscarem um empate com as redes balançando, o que serviria pelo gol na casa dos colorados. Esse ponto faz Heitor pedir para o time não “jogar” com tudo ao ataque.

“Não tomando gol, estamos mais perto da vitória. E temos 90 minutos para decidir”, enfatizou, descartando pressa. “Não podemos nos jogar porque, se tomarmos, teremos de fazer dois. Precisamos ter o cuidado defensivo e, quando tiver a oportunidade à frente, matar o jogo”, avaliou.

Os gaúchos passaram oito jogos sem somar vitória e só desencantaram na partida passada diante do Juventude, pelo Campeonato Brasileiro. Aprenderam com os erros que a sede demais ao pote pode custar caro e vão ser precavidos.

“Recuperar a confiança era o primeiro passo para seguir na nossa trajetória. Uma vitória no Beira-Rio depois de oito jogos é uma coisa muito boa para a gente. Claro, o jogo contra o Olimpia será muito difícil. Mas queremos chegar o mais longe possível na Libertadores”, disse Heitor.

Após brilhar na temporada passada com muitas assistências para Thiago Galhardo, foi dele o passe para o centroavante definir o 1 a 0 no Juventude. Animado, já se prepara para tentar repetir a dose no “maior jogo” de sua carreira. “Será, não só o maior da temporada, mas o principal da minha carreira. Comentei isso com meus amigos. Se parar para pensar, é jogo de Libertadores. É difícil quando você sobe ao profissional e isso ocorrer”, afirmou. “A oportunidade está aí e fico muito feliz. Espero ficar ainda mais com a classificação”.

Para a decisão, o técnico uruguaio Diego Aguirre está com algumas dúvidas. No treino desta quarta-feira, ele deixou aberta a possibilidade de mexer no meio de campo. Patrick e Caio Vidal podem perder a vaga para Maurício e Palacios, respectivamente. Na frente, não escolheu ainda entre Thiago Galhardo e Yuri Alberto.

Fonte: Estadão Conteúdo

newsletter-img

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita. Inscreva-se e receba a newsletter

Posts relacionados

Esportes

Brasileiro reclama de comportamento em quadra de Djokovic, que rebate: 'Sério?'

Mesmo disputando o seu segundo jogo do dia depois da vitória nas simples poucas horas antes, o sérvio Novak Djokovic esbanjou energia nesta quarta-feira no duelo de duplas mistas contra os brasileiros Luisa Stefani e Marcelo Melo, pelas oitavas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Só que para o tenista mineiro, o atual número […]

28/07/2021

Esportes

Vôlei masculino cai contra os russos por 3 a 0 e perde pela 1ª vez na Olimpíada

Depois de uma vitória tranquila sobre a Tunísia e um triunfo apertado, de virada, sobre a Argentina, a seleção brasileira masculina de vôlei perdeu pela primeira vez nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. Nesta quarta-feira, o time comandado pelo técnico Renan Dal Zotto foi facilmente dominado pelo Comitê Olímpico Russo, que ganhou por 3 sets a […]

28/07/2021

Esportes

Ginastas Caio Souza e Diogo Soares ficam sem medalha na final do individual geral

A equipe brasileira de ginástica artística, na categoria masculina, saiu do Centro de Ginástica Ariake, nesta quarta-feira, sem nenhuma medalha no peito no individual geral, na Olimpíada de Tóquio-2020. Caio Souza e Diogo Soares não foram páreos às grandes apresentações do japonês Daiki Ashimoto, medalhista de ouro, que arriscou mais nas piruetas e teve mais […]

28/07/2021