Economia

Fipe: IPC sobe 1,06% na 1ª quadrissemana de outubro, após +1,12% em setembro

09.10.2020

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 1,06% na primeira quadrissemana de outubro, desacelerando em relação à alta de 1,12% observada no mês de setembro, segundo dados publicados nesta sexta-feira, 9, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Seis dos sete itens do IPC-Fipe apresentaram variação positiva: habitação, alimentação, transportes, despesas pessoais, vestuário e educação. Por outro lado, houve variação negativa no índice de saúde.

Veja abaixo como ficaram os componentes do IPC-Fipe na primeira quadrissemana de outubro:

– Habitação: 0,52%

– Alimentação: 2,12%

– Transportes: 0,72%

– Despesas Pessoais: 1,78%

– Saúde: -0,11%

– Vestuário: 0,51%

– Educação: 0,03%

– Índice Geral: 1,06%

Fonte: Estadão Conteúdo

newsletter-img

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail. Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita. Inscreva-se e receba a newsletter

Posts relacionados

Economia

Bolsas de NY fecham em alta após payroll reforçar retórica dovish do Fed

As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta sexta-feira, 7, seguindo a publicação do payroll de abril nos Estados Unidos, que apresentou a criação de um número de vagas bem abaixo do previsto por analistas, o que reforçou a percepção de que os apoios à economia continuarão no país. Além disso, a expectativa é […]

07/05/2021

Economia

Taxas curtas sobem e longas ficam estáveis com agenda local e exterior -

Os juros encerraram a sexta-feira, 7, sem direção única, com as taxas curtas e intermediárias levemente pressionadas para cima e as longas, estáveis, após passarem o dia em queda. A agenda de indicadores, com IGP-DI e vendas do varejo acima do consenso, atuou sobre os vértices até o miolo da curva, à luz do comunicado […]

07/05/2021

Economia

Ibovespa encerra 1ª semana de maio na máxima aos 122.038,11 pontos

Em uma sessão marcada pela divulgação de balanços locais positivos e batizada pelo alívio que trouxe aos investidores o resultado abaixo do esperado do payroll, o Ibovespa ganhou impulso para galgar no fechamento à marca dos 122.038,11 pontos, na máxima, em alta de 1,77%, a maior desde 14 de janeiro (123.480,52 pontos). Contou com bons […]

07/05/2021